INVERNADA DA TROVA

Regulamento

CAPITULO I - DISPOSIÇÕES GERAIS

Art. 1º. - A Invernada da Trova é regida por este regulamento.
Art. 2º. - Das modalidades de trova:

  • Trova Campeira;
  • Trova Estilo Gildo de Freitas;
  • Trova Martelo.

Art. 3º. - A avaliação dos trovadores será realizada pela comissão avaliadora, que avaliará os mesmos nos seguintes quesitos:

  1. Fidelidade ao tema;
  2. Rima;
  3. Métrica;
  4. Postura;
  5. Afinação.

     * Os trovadores serão avaliados em cada apresentação, com nota atribuída pela comissão.

CAPÍTULO II - DA TROVA CAMPEIRA

Art. 4º. - A trova campeira desenvolver-se-á nas seguintes fases:

  1. - 1ª. FASE: Disputarão todos os inscritos.
  2. - 2ª. FASE: Disputarão 50% (cinquenta por cento) dos trovadores incritos na modalidade, conforme maior pontuação obtida na 1ª. FASE.
  3. - FINAL: Disputarão o primeiro lugar os dois trovadores que somarem o maior número de pontos na 2ª. FASE.
  • 1º. Os concorrentes cantarão 5 (cinco) estrofes de seis versos.
  • 2º. Serão classificados para a 2ª. FASE aqueles que somarem o maior número de pontos na 1ª. FASE, considerada a avaliação pela Comissão Avaliadora.
  • 3º. O primeiro e segundo lugares serão definidos na FASE FINAL pelos dois primeiros colocados conforme pontuação obtida na 2ª FASE.
  • 4º. Os prêmios de terceiro e quarto lugar serão concedidos pelo número de pontos obtidos na 2ª. FASE, não havendo disputa entre eles.

CAPITULO III - DA TROVA ESTILO GILDO DE FREITAS

Art. 5º. - A modalidade Estilo Gildo de Freitas desenvolver-se-à nas seguintes fases:

  1. - 1ª. FASE: Disputarão todos os inscritos.
  2. - 2ª. FASE: Disputarão 50% (cinquenta por cento) dos trovadores incritos na modalidade, conforme maior pontuação obtida na 1ª. FASE.
  3. - FINAL: Disputarão primeiro lugar os dois trovadores que somarem o maior número de pontos na 2ª. FASE.
  • 1º. Serão classificados para a 2ª. FASE aqueles que somarem o maior número de pontos na 1ª. FASE, considerada a avaliação pela Comissão Avaliadora.
  • 2º. O primeiro e segundo lugares serão definidos na FASE FINAL pelos dois primeiros colocados conforme pontuação obtida na 2ª FASE.
  • 3º. Os prêmios de terceiro e quarto lugar serão concedidos pelo número de pontos obtidos na 2ª. FASE, não havendo disputa entre eles.

Art. 6º. - Cada concorrente cantará 5 (cinco) estrofes de 09 (nove) versos cada.

Art. 7º. - Em cada estrofe, os versos deverão rimar o 2º, 4º, 6º e o 9º, sendo que o 7º e o 8º rimarão entre si.

Art 8º. - A melodia de introdução é a música "Definição do Grito" de Gildo de Freitas.

CAPÍTULO IV - DA TROVA MARTELO

Art. 9º. - A modalidade da Trova do Martelo desenvolver-se-à nas seguintes fases:

  1. - 1ª. FASE: Disputarão todos os inscritos.
  2. - 2ª. FASE: Disputarão 50% (cinquenta por cento) dos trovadores incritos na modalidade, conforme maior pontuação obtida na 1ª. FASE.
  3. - FINAL: Disputarão primeiro lugar os dois trovadores que somarem o maior número de pontos na 2ª. FASE.
  • 1º. Os concorrentes cantarão uma estrofe de seis versos.
  • 2º. Serão classificados para a 2ª. FASE aqueles que somarem o maior número de pontos na 1ª. FASE, considerada a avaliação pela Comissão Avaliadora.
  • 3º. O primeiro e segundo lugares serão definidos na FASE FINAL pelos dois primeiros colocados conforme pontuação obtida na 2ª FASE.
  • 4º. Os prêmios de terceiro e quarto lugar serão concedidos pelo número de pontos obtidos na 2ª. FASE, não havendo disputa entre eles.

Art. 10º. - Caso um concorrente não ache a rima para fechar o verso (estrofe) do outro, no final da trova a Comissão avaliadora poderá solicitar ao concorrente anterior para que preste explicações. Este não explicando, será penalizado naquela estrofe do erro de rima com -4 (menos quatro) pontos.

Art. 11º. - O trovador ao estruturar seu verso (estrofe), não achando duas rimas, será penalizado conforme o artigo anterior, devendo seu concorrente completar o verso do opositor rimando com a que seria a segunda rima do anterior.

CAPÍTULO V - DA PREMIAÇÃO

Art. 12º. - A premiação será de 1º a 5º lugar em cada modalidade, da seguinte forma:

a) 1º. Lugar: R$ 1.00,00 + Troféu;
b) 2º. Lugar: R$ 800,00 + Troféu;
c) 3º. Lugar: R$ 700,00 + Troféu;
d) 4º. Lugar: R$ 600,00 + Troféu;
e) 5º. Lugar: R$ 500,00 + Troféu.

Campeão dos Campeões: R$ 600,00

CAPÍTULO VI - DISPOSIÇÕES LEGAIS

Art. 13º. - As modalidades de Trova Campeira e Trova Estilo Gildo de Freitas, serão com temas sorteados no início de cada disputa.

Art. 14º. - Na primeira fase de cada modalidade, havendo número ímpar de inscritos, ficará a cargo das Comissões Organizadora e Avaliadora, fazer o sorteio de quem fará costado ao último concorrente.

Art. 15º. - Não há limite de concorrentes por entidade.

Art. 16º. - Em todas as modalidades os concorrentes apresentar-se-ão em duplas.

Art. 17º. - A Comissão Avaliadora obedecerá ao critério de contagem de pontos, e cada etapa iniciará do zero.

Art. 18º. - Os trovadores deverão estar devidamente pilchados.

Art. 19º. - Os trovadores classificados para as finais em mais de uma modalidade deverão optar somente por uma delas para disputar a FINAL.

Art. 20º. - Os casos omissos serão resolvidos pelas Comissões Organizadora e Avaliadora.

 

Desenvolvedor
Comunicação
Conexões